Vriksasana – Postura da Árvore

A Postura da Árvore é uma das mais tradicionais na yoga. Baseia-se em princípios simples, é relativamente fácil de fazer e proporciona inúmeros benefícios para o corpo e a mente.

O que é a Postura da Árvore?

É a postura clássica em que o praticante permanece em pé, apoiado em apenas um dos pés (você verá a seguir como realizá-la corretamente). É, portanto, considerada uma posição de equilíbrio e fortalecimento muscular.

Esse nome deve-se ao fato de que a pessoa que está nessa posição eleva o corpo em direção ao sol. Assim também faz a árvore, presa ao chão por suas raízes sólidas, mas elevada em busca da luz do sol e da nutrição que ela proporciona. É por isso que orienta-se que, enquanto uma pessoa estiver fazendo a posição, ela procure visualizar em sua mente uma árvore frondosa.

Há relatos de pessoas na Índia que chegam a ficar anos na Postura da Árvore (obviamente, com apoios), para se purificar de algo ou atingir um nível superior de luz e transcendência. Você obviamente não precisa passar tanto tempo na posição, mas, ao praticá-la por alguns momentos, vai sentir a sua energia fluir de uma forma muito especial.

Também na Índia, existe uma escultura colossal do século VII, considerada Patrimônio Mundial pela Unesco, que reproduz justamente essa posição, tamanha a sua importância para os estudos e prática da yoga.

Como fazer a Postura da Árvore

Para executar a Postura da Árvore, o primeiro passo é ficar em pé e apoiar todo o peso do corpo em apenas um dos pés. Em seguida, a planta do outro pé deve ser apoiada na coxa da perna oposta (o ideal é que os dedos terminem na altura do joelho). Depois disso, eleve os braços para o alto e junte as palmas das mãos.

Depois de algum tempo nessa postura, o praticante volta a se apoiar com os dois pés no chão e repete a posição, trocando o pé de apoio. Não existe um tempo correto, com a prática, você vai conseguir permanecer na Postura da Árvore por cada vez mais tempo. Para fazer essa contagem, você pode contar em ciclos respiratórios.

Se a Postura da Árvore fizer parte de um programa de posições e estiver sendo executada de modo que você deseje praticar outras posições depois, pode ficar um minuto em cada perna.

Benefícios da Postura da Árvore

O primeiro benefício da Postura da Árvore é a melhora do equilíbrio e da postura. Ao praticá-la com frequência, a pessoa desenvolve mais consciência sobre o alinhamento da coluna, além de estimular a sua coordenação muscular.

Durante a posição, acontece a expansão da caixa torácica, favorecendo a entrada de oxigênio nos pulmões e, por consequência, uma respiração mais profunda. Esse ciclo respiratório maior ajuda a relaxar e aliviar pouco a pouco qualquer resquício de estresse e ansiedade.

A postura da árvore fortalece os músculos das pernas e, ao alongar a parte de dentro da coxa, promove a abertura pélvica e o aumento da irrigação nessa região do corpo.

Se você gostou, não esqueça de avaliar

Avaliação: 0/5 (0 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário

Otros artículos

Shavasana – postura do cadáver

Pode parecer simples, mas a shavasana é uma das posturas mais poderosas do Yoga. Uma prática executada sempre aos finais dos exercícios, ela permite que se relaxe todo o corpo e a mente.

Paschimottanasana – postura da pinça

A postura da paschimottanasana é uma das mais comuns na prática do Yoga. Durante uma aula, ela é trabalhada repetidas vezes, portanto essencial. Mesmo com sua simplicidade de movimentos, ela desenvolve intensos acontecimentos para o corpo e para a mente.