Pulseiras buda

Shamballa ou Japa Mala: o terço dos budistas

Se você tem os olhos atentos, já reparou que algumas pessoas usam uma pequena pulseira de contas grandes e arredondadas. Estas são as shamballas ou japa mala, as populares pulseiras buda. Pelo nome pitoresco a de se imaginar que ela não seja uma criação da moda ocidental. De fato não é nem ocidental e muito menos foi criada com esta finalidade. O acessório é uma variação inspirada no terço budista, ou seja, ela traz a proteção oriental e ainda promove beleza.

Pingente buda indiano

pingente buda indiano de prata de lei

Uma peça cheia de significado que vai fazer você ficar exuberante e iluminado com a imagem de buda tão simbólica. Ideal para você que busca iluminação e energias positivas.

Pulseira de buda oriental em madeira

Pulseira de buda oriental em madeira

Essa pulseira é perfeita para quem gosta de objetos rústicos e interessantes. Ela é ideal para presentear quem você ama, pois é muito estilosa e significativa.

Mix de pulseiras buda cor preto

Mix de Pulseiras Buda preto

O mix de Pulseiras Buda Black é uma excelente escolha para quem adora estilo zen e beleza em um só item. Além de ser uma peça belíssima, ela é bastante significativa.

Pulseira 7 chakras Buda

pulseira-7-chakras-pedras-naturais-buda

A Pulseira 7 chakras Buda é perfeita para equilibrar seus chakras. A peça é simplesmente linda e traz na sua essência os poderes dos cristais.

Pulseira Masculina Olho de Tigre e Buda

pulseira-onix-mate-olho-de-tigre-e-buda

Linda Pulseira masculina estilo buda. Peça simplesmente incrível semelhante ao terço budista. A Pulseira Masculina Olho de Tigre e Buda é item atrai proteção e energia positiva.

Pulseira buda grafite unissex

Pulseira buda grafite unissex

Inspirado no terço budista a Pulseira buda grafite- unissex é mais que uma simples pulseira, é um objeto capaz de transmitir paz, proteção e tranquilidade.

Não há problema algum em usa-lo como um adorno, sendo muito bonito nos tornozelos e nos pulsos. As suas pedras e contas de madeira são ligados por um delicado cordão, que a deixe com características rústicas. A pulseira Buda caiu no gosto do pessoal da moda e virou tendência, podendo ser encontrada facilmente em lojas, feiras e na internet.

Um amuleto que promove benefícios para a saúde

Mesmo que não tenha mais um uso estritamente espiritual, a pulseira Buda pode ser usada como um amuleto. Além disso, quando nelas estão intercaladas pedras preciosas, pode haver efeitos terapêuticos e medicinais. Isso porque a filosofia oriental acredita que destas pedras são emanadas energias específicas.

Dentre as pedras mais utilizadas estão o topázio, que proporciona a cura de doenças mentais e hemorrágicas; a ametista, que são as melhores para aqueles que buscam a concentração através da prática da meditação; a turquesa, que age acalmando o coração e tratando o ciúme; e a ágata, que pode ser preta ou branca, ela oferece proteção contra os danos físicos.

No geral, elas são tidas como amuletos que possibilitam a proteção e promovem a paz e a tranquilidade. Isso porque afasta as energias negativas e os conflitos advindos de um mundo com tanta incompreensão. A shamballa tem como função principal ser gente de união entre o ser humano e o cosmos, através da emanação positividade. Portanto, ela oferece a proteção e ainda te deixa muito mais bonita.

Terço Budista: uma origem na espiritualidade.

No terço budista original, o tamanho é diferenciado através do número de miçangas. Suas medidas mais comuns são as de 9, 18, 21, 42, 54 e até 108 contas, em que cada uma delas representa os obstáculos a serem superados. A cordinha que as une traz dentro do místico que o envolve, o poder do Dharma. Este poder que sustenta a vida e atravessa as contas, penetra no espírito do homem.

Semelhante ao terço católico e ao seu uso com as preces, cada conta simboliza a contagem de mantras que devem ser pronunciados pelo praticante. A entoação de mantras é uma forma de meditar, de encontrar a comunhão espiritual com os seres mais elevados. Repetir os mantras com concentração atrai pensamentos positivos e poderosos.

Como fazer as pulseiras

O acessório se tornou um dos objetos de moda mais cobiçados, então todos querem ter um. As pulseiras são fáceis de encontrar e dependendo do material tem valores bem acessíveis. Entretanto, elas também são bem fáceis de fazer, seja para você usar ou vender. Conheça como se faz e fature uma graninha extra.

Material

  • Contas diversas: pedra Ônix, pedra Olho de Tigre ou madeira.
  • Cordão encerado
  • Isqueiro ou cola
  • Tesoura
  • Tábua para Shamballa

Passo a passo

  1. Corte três pedaços de fio: dois de 40 cm e um de 1,20m;
  2. Pegue o primeiro fio de 40 cm e dê um nó no prego, para ele ter uma base;
  3. Coloque as contas na ordem de sua escolha;
  4. Pegue o fio de 1,20m e passe por baixo do fio que está preso na madeira. Ele será o fio-guia. Divida-o no meio;
  5. Dê um nó em uma das pontas para facilitar. O fio com nó é o que sempre vai ser passado por cima do fio-guia;
  6. Passe por cima e faça um cruzado com um “x”;
  7. Na hora de colocar o fecho, tire a pulseira do nó no prego;
  8. Para o acabamento, corte as pontas e as queime com isqueiro.

Outros temas de interesse:

Se você gostou, não esqueça de avaliar

Avaliação: 0/5 (0 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!
Você também pode ler este conteúdo em espanhol aqui br Pulsera budista

Participa, deixe seu comentário